fbpx

10 DICAS PARA NÃO LEVAR TUDO PARA O LADO PESSOAL

10 DICAS PARA NÃO LEVAR TUDO PARA O LADO PESSOAL

preocupada

Tempo de leitura: 4 minutos

Se você luta para levar as coisas para o lado pessoal, saiba que você não é o único. No meu trabalho de consultor e coach, essa foi uma das lutas mais comuns que pessoas, jovens, casais tiveram.

Quando as pessoas o desrespeitam ou não lhe tratam bem, você pode ter uma atitude reflexiva, ter controle sobre como você responde, ter domínio sobre as suas emoções e o seu nível de energia ou, simplesmente você pode levar o comportamento delas para o lado pessoal, culpar a si mesmo e achar que você tem algo a ver com o comportamento de outra pessoa.

Esta última atitude é emocionalmente desgastante e você entra num processo de reavaliação insignificante e constante da sua autoestima, uma vez que você acha que tudo o que acontece com você tenha significado para você.

Como parar de levar as coisas para o lado pessoal?

Aqui estão algumas dicas para você parar de levar as coisas para o lado pessoal:

1. Pare de se preocupar com os que outros pensam

A opinião que as pessoas estranhas e conhecidas expressam sobre você não tem nada a ver com você, e tudo a ver com eles. A opinião dessas pessoas é o pensamento delas. Você deve preocupar-se com o que pensa de si mesmo e com o que as pessoas que você conhece, amam e se importam com você, pensam de você.

2. Saiba o seu valor

Quando você sabe quem você é e gosta de quem você é, você certamente vai ignorar o que as pessoas pensam e dizem sobre você. Desenvolva a sua autoconfiança e recupere a sua autoestima. Existem técnicas e metodologias que geram prodígios neste domínio.

3. Seja reflexivo

Normalmente, quando as pessoas fazem um juízo sobre você ou uma crítica, elas estão a projetar os problemas delas, as necessidades delas, o desejo que elas têm de controlar você ou a situação. Então, não adianta você tirar conclusões precipitadas, visto que o problema não é você. Mantenha a calma, procure entender sobre o que você é sensível e o que desperta as suas emoções para que você esteja no controlo da situação.

4. Ressuscite ao terceiro dia

Encare as experiências dolorosas como aprendizagem. Não deixe que essas experiências amargurem a sua vida. De acordo com a intensidade emocional delas, dê um prazo, 3 horas, 30 horas, no máximo 3 dias, e ressuscite para vida nova. Use essas experiências como aprendizagem para se tornar melhor e siga em frente. Deste modo, você estará abrindo espaço para alegria e felicidade na sua vida.

5. Ocupe-se

Ocupe-se. Mente vazia atrai lembranças, diz o ditado popular. De fato, quando você tem tempo de sobra ma sua agenda, a sua cabeça vai preenchê-la com os pensamentos e as lembranças de pessoas e nas coisas que elas pensam. E, pior ainda, você vai contar repetidamente na sua cabeça as mesmas histórias. Para que essas pessoas não encontrem a porta nem a janela e entrarem pela sua cabeça, preencha a sua vida com família, amigos e trabalho que lhe traga alegria e paz interior.

6. Eleve-se

Quando as pessoas o desrespeitam ou não lhe tratam bem em vez de responder com mais negatividade e toxicidade, eleve-se e adote uma perspetiva diferente, olhando para a situação através dos olhos de uma pessoa diferente, como um espetador a ver a situação numa tela do cinema. As pessoas dão o que elas têm nos seus corações para dar. As pessoas angustiadas causam dor e muita negatividade. As pessoas que estão em paz consigo mesma dão amor, alegria, paz e felicidade. Portanto, honre o amor, a beleza e a vida que estão em si.

7. Orgulhe-se do seu eu

Evite colocar as pessoas num pedestal e esquecer de valorizar as suas próprias realizações, inteligência e sabedoria. Você não precisa de consentimento alheio. O fato de alguém não estar feliz com o que você fez não significa que há algo de errado ou que você não seja boa pessoa. É bem possível que a pessoa não esteja feliz consigo mesma e espere que você preencha o vazio que sente, o que é inviável e utópico. Por isso, valorize as suas conquistas. Não foque no espinho, mas na rosa. Só você sabe o tempo que você investiu na sua roseira.

8. Rodeie-se de pessoas positivas

Afaste-se de pessoas negativas, que tratam mal os outros e descontam os problemas em todo o mundo. Essas pessoas são tóxicas e você deve manter-se longe delas. Lide com pessoas que o tratam bem, você desenvolverá mais confiança e ficará mais feliz. Passe mais tempo como pessoas genuinamente solidárias. Com elas, você aprende mais e obtém mais compreensão.

9. Cuide do seu corpo

Uma boa postura melhora a aparência e o humor e, desse movo, a sua autoestima agradece. Por isso, vale a pena encontrar um tempo para cuidar de si, arrumar-se e ficar bonito. Vista roupa limpas com tons alegres. Coloque um sorriso no rosto e… desfile-se na avenida da felicidade.

10. Procure um profissional

Se você sente culpa por coisas que fogem do seu controle, se é demasiado sensível aos comentários dos outros, se você leva tudo para o lado pessoal, é bom buscar ajuda de um profissional. O coach de vida e de mentalidade pode ajudar você.

Levar as coisas para o lado pessoal é indiscutivelmente algo que qualquer pessoa pode superar com a abordagem correta. De fato, qualquer um pode aprender a parar de levar as coisas para o lado pessoal construindo hábitos melhores. Todavia, é importante saber que nós seres humanos somos emocionais e sociais. Como tal, vivemos em grupos, construímos um mundo e a sociedade da qual fazemos parte. Portanto, valorizando os nossos pensamentos, as nossas emoções e os nossos sentimentos, conseguimos proteger a nossa identidade e superar o que nos impede de seguir em frente.

O que trabalho nas sessões de coaching é o processo de autoconhecimento e uso dos seus pontos fortes de personalidade, para gerar uma mudança de mentalidade, envolvendo a transformação das suas crenças e dos hábitos diários.

Nas próximas horas, dias e semanas espero que você encontre algumas coisas para levar para o lado pessoal para que você possa testar essas dicas.

Deixe o seu comentário! Está interessado em saber como o coaching pode ajudá-lo como “levar as coisas para o lado pessoal”? Agende uma sessão grátis, sem compromisso e vamos começar. Com o acompanhamento correto, você vai alcançar a felicidade e a realização profissional com mais facilidade.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée.

fr_FRFrench